Mais coisas interessantes:

COMO FAZER SEU CASAMENTO DURAR E SER FELIZ?

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010


Muita gente me pergunta como mesmo depois de praticamente 22 anos de vida em comum, eu e meu marido ainda parecemos um casal de namorados. Então pensei em escrever sobre isso e dividir minhas impressões sobre esse assunto. Sei que não vai ser num post só que vou dar conta de tudo, mas então vamos começar pelo menos.
Eu tinha 19 anos e toda inocência do mundo quando o conheci... velhos tempos rs, ele um rapaz de 21, descoladíssimo, parecendo seguro (parecendo pq com 21 todo mundo tem suas inseguranças), cheio de amigos e pretendentes, meninas e até mulheres mais velhas correndo atrás dele. Eu fui apresentada a ele numa festa junina, mal consegui responder ao seu oi de tanta vergonha, eu era tão, mas tão tímida que uma estátua consegue ser mais descolada! Ele, o popular. Ninguém, nem o melhor dos videntes poderia prever que um casal assim desse certo, ou melhor, que duas pessoas assim tão diferentes poderiam se interessar uma pela outra.
Naquele dia do oi passei o resto da festa (era uma festa junina) escutando ele falar... era tão bom só estar ali ao lado dele! Não me dei conta do sentimento que tomou meu coração e por que não dizer, meu ser... Apesar de eu querer, não passei desapercebida para ele também (eu queria passar desapercebida para qualquer um). Uma amiga dele que estava na mesma roda que eles estavam conversando, e eu muda, a certa altura começou a chamá-lo para ir para outra festa, ele não queria e eu apesar de ter certeza que deveria ter um outro motivo, adorava a cada não que o escutava dizer, mas eu nem me atrevia pensar que pudesse ser por minha causa. Aliás, naquele momento não estava pensando nisso, só estava mesmo me sentindo bem ali e torcendo pra'quele momento não terminar.
Durante a semana seguinte passei sonhando com ele, com aquela figura que me encantou de uma tal forma que não podia pensar em outra coisa. Descobri que ele trabalhava enfrente a minha casa! Mas como? Como eu nunca tinha visto ele ali? Ele também já fazia seus planos e nesse meio tempo, conversando com um amigo, que aliás foi quem nos apresentou (namorado da minha melhor amiga), avisou que no próximo domingo ia começar a namorar comigo! Bom, eu disse que ele era seguro e sedutor rs Esse amigo dele então pediu pra namorada me avisar que eu deveria tomar cuidado (amigo dele hein!) pois ele não era menino pra namorar comigo, tão recatada, tão tímida, tão insegura... Mas quando o aviso chegou, já não adiantava mais, eu já estava completamente apaixonada.
No sábado seguinte nos encontramos na mesma festa junina e nossos amigos em comum sempre que podiam nos deixavam sozinhos, e então aos poucos comecei a falar, contei que fazia faculdade, que trabalhava e ele ouvia, ouvia, até que me beijou! Aceitei o beijo e ao final uma frase que nunca mais vou esquecer:
- Quer namorar comigo? Eu respondi que sim e aí o inesperado. Ele perguntou: e amanhã? Novamente respondi que sim. A nova pergunta? E depois de amanhã? Outro sim meu e mais uma vez outra pergunta: E depois de depois de amanhã?  E depois de depois de depois de amanhã? Respondi que sim e veio mais um beijo!
Como vocês já devem ter notado, foram muitos depois de depois de amanhã. Vinte e dois anos de depois de depois. Vinte dois anos felizes.
Bom, termino por aqui a primeira parte dessa minha história, que acredito poder ajudar algumas pessoas.
 
Espero que gostem!

Ganhe você também com seu site/blog